Acionista da JBS abre arbitragem pedindo que família Batista indenize empresa; veja carta na íntegra

Money Times

JBS (JBSS3) publicou nesta quinta-feira carta recebida do acionista Fundo SPS sobre pedido de arbitragem no qual pede que a companhia seja indenizada por Joesley Batista, Wesley Batista, da família controladora, e executivos da holding J&F por danos que teriam causado à empresa.

Segundo o conteúdo da carta, a arbitragem pedida pela SPS e por outro acionista cujo nome não foi revelado pede que os acionistas controladores da JBS indenizem a empresa “por todos os prejuízos causados à companhia, após terem se tornado públicos acordos de colaboração premiada firmados por Joesley Batista, Wesley Batista” e executivos da J&F com o Ministério Público.

Segundo a carta, “os procedimentos arbitrais já estão em fase avançada” e “a sentença parcial unânime já reconheceu a legitimidade do Fundo SPS para pleitear, em favor da JBS, todos os danos sofridos pela companhia em razão dos ilícitos confessados nos acordos de colaboração”.

Os valores da indenização não são citados na carta ou no documento enviado pela JBS à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), tão pouco é informado o nome da câmara de arbitragem que está julgando o assunto.

Veja o documento

 

Print Friendly, PDF & Email
error: