Aras reintegra procurador acusado de receber propina da JBS

O Antagonista

Augusto Aras reintegrou aos quadros do Ministério Público Federal o procurador Ângelo Goulart Villela, acusado de receber propina da JBS para vazar informações sigilosas de uma operação que investigava a empresa de Joesley e Wesley Batista.

Na portaria que alocou Villela na Procuradoria da República em Osasco, na Grande São Paulo, o PGR alegou estar cumprindo decisão do TRF-1, onde o procurador conseguiu trancar, em junho deste ano, ação penal movida contra ele pelo MPF.

Print Friendly, PDF & Email
error: