JBS é condenada a pagar R$ 1,5 milhão devido a medidas insuficientes contra a Covid em planta no RS

grupo JBS foi condenado pela Justiça do Trabalho a pagar R$ 1,5 milhão por não adotar medidas de prevenção suficientes na prevenção da Covid-19 na unidade de Montenegro, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

O valor é reversível a projetos sociais da região. A decisão foi proferida no último dia 12 de dezembro e divulgada nesta quinta-feira (16) pelo Ministério Público do Trabalho, autor da ação que resultou na condenação. A investigação do órgão iniciou em agosto de 2020.

g1 entrou em contato com a empresa, que informou que “a JBS não comenta processos judiciais em andamento”.A sentença ainda prevê multas para o caso de novos descumprimentos das normas de prevenção e controle de surtos, como distanciamento mínimo entre empregados, fornecimento de equipamentos de proteção individual, monitoramento e afastamento de casos suspeitos e confirmados da doença, higienização de ambientes e de sistemas de climatização, entre outras.

Segundo o MP, o grupo JBS foi o único a recusar a assinatura de termos de ajuste de conduta para adequações dos protocolos de combate ao coronavírus.

Print Friendly, PDF & Email
error: